Home / EM ALTA / ESSES MERECEM NOSSOS APLAUSOS

ESSES MERECEM NOSSOS APLAUSOS

EM ALTA.

Em Bocaiuva:

BANCADA DA SITUAÇÃO.

Será que os novos vereadores irão fazer um bom trabalho?? Bem… Isso teremos que esperar pra ver, mas o fato é que políticos recém chegados vem se mostrando bons de articulação. Os novatos da bancada da situação na Câmara, por exemplo, conseguiram nesta semana dar um “chapéu” na oposição e com três votos de frente elegeu o também novato Adalberto Fernandes o novo presidente da Câmara. Adalberto foi na “casa do inimigo” (oposição) buscar os votos dos vereadores Zé Vieira e Odair Sorriso para sua chapa e não deu outra, foi eleito. Os vereadores da situação ainda estão sob análise, mas no quesito articulação, por hora, merecem os aplausos da semana.

Em Eng. Navarro.

CORAGEM DE JAIRO RODRIGUES

O “Jairinho”, como é conhecido na cidade, assumiu como o mais novo secretário de Ação Social da prefeitura navarrense. O mesmo, ao aceitar o convite, mostrou ser um cara corajoso, afinal Jairo foi ferrenho oposicionista da administração passada e bateu sem dó e sem piedade nos pontos fracos da antiga gestão. Agora “quem era martelo virou prego” e o Jairo terá que desenvolver o melhor dos trabalhos para que a turma da oposição ao atual prefeito Gê não faça uso da reciprocidade. A coragem do novo secretário merece os aplausos da semana.

Em Guaraciama:

HUMILDADE DE WAGUINHO.

O vereador Waguinho poderia ter colocado o “pé no barranco” e usar a prerrogativa de sua expressiva votação nas elições de 2016 em Guaraciama para exigir de sua bancada a presidência da Câmara Municipal, mas para não provocar tumultos e muito menos rachar o grupo o Vereador optou por tirar o time de campo e ceder a presidência ao seu colega de grupo Zemar que assumiu a Prefeitura Municipal. O gesto de humildade e desapego ao poder do vereador mais votado de Guaraciama merece os aplausos da semana.

Em Olhos D’água:

PACIÊNCIA SITUACIONISTA.

O atual prefeito explicou e o seu grupo, não somente entendeu, como está lhe dando todo apoio. Ronin nomeou apenas quatro secretários e pediu aos outros nove que esperassem por um prazo de três a quatro meses até o município controlar as contas. O mais interessante é que não houve tumulto ou insatisfação e a equipe entendeu da melhor maneira possível. Existem até aqueles que brincam dizendo que “quatro meses não é nada se comprado a quem esperou por quatro anos e agora vai ter que esperar por mais quatro”. A paciência e o bom senso situacionista em Olhos D’água merecem os aplausos da semana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Powered by rsena.com.br