Home / Bocaiuva / “​EXONERAÇÕES PRESTES A SEREM CANCELADAS”: Em Bocaiuva, Prefeitura Municipal e Ministério Público estariam discutindo retorno de funcionários exonerados. 

“​EXONERAÇÕES PRESTES A SEREM CANCELADAS”: Em Bocaiuva, Prefeitura Municipal e Ministério Público estariam discutindo retorno de funcionários exonerados. 

A expectativa é de que, ainda neste final de semana, a Prefeita Marisa Alves possa se pronunciar quanto o provável retorno dos funcionários demitidos. 


A informação ainda é extraoficial, mas fontes próximas a Prefeita Marisa Alves admitem que a Assessoria Jurídica da Prefeitura de Bocaiuva está na “mesa de negociações” junto ao Ministério Público local discutindo o retorno dos cerca de 90 Servidores exonerados dos quadros de funcionários do município na última Segunda Feira (27/11). As justificativas para o possível recuo em relação as demissões dos profissionais ainda não foram dadas, mas interlocutores dizem que, nos bastidores, a preocupação seria com o desgaste causado a atual administração junto a opinião popular e as famílias dos demitidos. Segundo fontes ouvidas pelo RSena, a Administração Municipal teria sido orientada a discutir melhor a real necessidade das demissões e por hora retornar com os exonerados as suas respectivas funções.

A expectativa é de que, ainda neste final de semana, a Prefeita Marisa Alves possa se pronunciar quanto o provável retorno dos funcionários demitidos. Existe também a possibilidade de que a Assessoria de Comunicação da Administração Municipal possa soltar um comunicado em suas páginas nas redes sociais a qualquer momento. A Reportagem do RSena conversou com alguns funcionários exonerados, porém os mesmos disseram que não receberam, até o momento, nenhuma notificação de retorno aos seus postos de trabalho.

O Site RSena havia noticiado em primeira mão, ainda no 1°semestre do ano (2017), a intenção da Prefeitura em dispensar os servidores a que o executivo afirmava serem “funcionários excedentes do Concurso Público”. A época, chegou-se a especular o afastamento de cerca de 250 funcionários entre efetivos e contatados, porém este número caiu para 91 funcionários recaindo tais demissões apenas aos funcionários convocados através da prestação de Concurso Público além do numero de vagas estabelecido estabelecido no edital do concurso. Embora não exista nenhuma posição oficial quanto ao cancelamento das exonerações, nas redes sociais, já é possível observar a comemoração de alguns Advogados que atuaram nas defesas dos profissionais exonerados.

Além disso, verifique

Câmara Bocaiuva

​REVIRAVOLTA: Em Bocaiuva, Pedro Cerol perde apoio e eleição para Presidente da Câmara Municipal ficará entre Ramon e Adalberto. 

Com Pedro Cerol perdendo votos, a disputa pela cadeira de Presidente em 2018 está entre ...

Powered by rsena.com.br