Home / Bocaiuva / ​ACONTECEU DE NOVO: Em Bocaiuva, Ponte faz mais uma vítima em Comunidade Rural.

​ACONTECEU DE NOVO: Em Bocaiuva, Ponte faz mais uma vítima em Comunidade Rural.

Mais uma vez, em menos de 15 dias, a Ponte que da acesso a Comunidade de Camilo Prates faz sua segunda vítima.

Imagem Caminhão Caçamba em acidente na ponte da Comunidade de Camilo Prates

Dizem que um raio não cai duas vezes em um mesmo lugar, porém, a se julgar pelos últimos acontecimentos na estrada que liga Bocaiuva a Comunidade de Camilo Prates, esse ditado é específico aos raios e não as pontes. Pela segunda vez em menos de 15 dias, a ponte que da acesso a Comunidade de Camilo Prates faz sua vítima. Um homem, que não teve a identidade revelada, não teria percebido que o local estava em manutenção e teria caído com seu carro, um veículo Strada, no córrego sob a Ponte. O acidente ocorreu no último Domingo (03/12) pro volta das 11HS e, segundo informações, o motorista teve ferimentos no rosto, mas passa bem. O condutor teria reclamado a falta de sinalização no local que está interditado e em manutenção depois que a estrutura não suportou o peso de um caminhão caçamba que no dia 17/11, ao tentar atravessar o local, caiu no mesmo córrego. Neste primeiro acidente, o motorista não se feriu e houve apenas dano material. No mesmo dia do ocorrido, a Prefeitura havia iniciado os trabalhos de reconstrução da Ponte e um desvio foi feito próximo ao local para a travessia de veículos. O Motorista do veículo strada teria alegado desconhecer a existência do desvio uma vez que, segundo ele, no local não haviam sinalizações ou qualquer orientação.

Já há algum tempo os moradores das Comunidades Rurais e Distritos de Bocaiuva vêm relatando problemas na infraestrutura das pontes que liga as estradas vicinais ao perímetro urbano. Recentemente, em entrevista a Emissora Rádio Clube (Programa “Frente a Frente”), a Prefeita Marisa Alves admitiu o problema, mas salientou que “a cerca de 10 anos as pontes não recebem manutenção e que seria impossível resolver toda a demanda em menos de 01 ano de sua gestão”. Ainda segundo Marisa Alves, o processo de recuperação das pontes seria feito gradativamente, ou seja, uma por vez até concluir toda a demanda. Porém o primeiro acidente ocorrido no 17/11 fez com que a Prefeitura Municipal mudasse o planejamento.

Com risco eminente de que outros casos possam vir a acontecer, a Administração Municipal divulgou nota onde justificou que:

“Enquanto a Prefeitura trabalhava na ponte da Comunidade do Lalau, outra ponte que liga Bocaiuva a Comunidade de Camilo não suportou o peso de um caminhão, mas logo após o ocorrido a Prefeitura de Bocaiuva iniciou uma operação no local para reestabelecer o tráfego naquela estrada com a construção de um desvio”.

Na nota, a Administração Municipal confirma o que Marisa havia dito em sua entrevista no Programa “Frente a Frente” ao afirmar que:

“O descaso das administrações dos últimos 10 anos com as estradas e pontes na Zona Rural impõem a atual gestão um grande volume de serviços e reparos”

A nota ainda diz que para atender esta grande demanda, a Secretaria de Governo criou uma comissão especial formada por representantes da secretaria de obras e transportes; da secretaria de finanças; do setor de engenharia e da Defesa Civil. O objetivo seria estabelecer as prioridades e planejar o reparo de 19 pontes que estão em situação precária.

Além disso, verifique

Câmara Bocaiuva

​REVIRAVOLTA: Em Bocaiuva, Pedro Cerol perde apoio e eleição para Presidente da Câmara Municipal ficará entre Ramon e Adalberto. 

Com Pedro Cerol perdendo votos, a disputa pela cadeira de Presidente em 2018 está entre ...

Powered by rsena.com.br